16 maio 2009

S A B O R








Língua de alcaçuz

em corpo de falena:

romã-desejo fecunda...



Veronica de Nazareth-Noic@

3 comentários:

  1. Em tão poucos versos a versão de tudo o que vai na alma.
    Beijo* minha amiga.

    ResponderExcluir
  2. DESCENDO OS DEGRAUS DOS SONHOS

    Fantasias desnudas, sem véu.
    Estrelas, mágica presença
    Pétalas de mil cores, beijos de poeta.

    Emoção, pura magia.
    Momentos, repetem-se dia após dia.
    Beijo, delírio de ti...

    amália

    MANA AMIGA MINHA CAMÉLIA AINDA POR DESFOLHAR.

    Vim te ver, vim te abraçar, as saudades são muitas e venho deixar um beijo e um poema pequenino, mas doce, para ti.

    Como estás amada da minha alma? como está tua mãe, teus filhotes ? diz-me que tudo está na PAZ DE DEUS, diz-me mana irmã e DEUSA DAS PALAVRAS.

    Escrevi umas palavras, escrevi enquanto o sol me beijava, enquanto a saudade me desejava o céu. Escrevi, algo para ele, escrevi o quanto o amo e ele nada sente por mim. Poderia ser uma vida linda entre poetas, mas ele não assina esta paixão, então ficarei sempre só porque apaixono-me sempre pelo ser errado. Mais um desalento, mais uma ilusão.
    Amiga, vai ao meu bosque encantado de camélias, lá tens que ler e o mais importante vai ouvir um video que os meus filhos e a minha Princesa fizeram no dia da mãe. ESTÁ DIVINO, AMEI AMEI!!!!!!!!!
    Mil abraços com a ternura de quem te quer MUITO BEM, MUITOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!
    amália

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita.
Seu comentário é muito importante para mim.