26 maio 2009

BECO SEM SAÍDA



Beco sem Saída (canção)



Paro prá pensar
não posso entender
como fui deixar
isso acontecer
um amor tão grande
invadir e dominar
sem tempo - sem espaço
prá eu respirar

E agora estou
num beco sem saída
água sem açúcar
nem boca prá beijar
uma dor intensa
e nada prá acalmar

Olho todo o tempo
de saudade imensa
a dilacerar
corpo - coração
toda minha vida
como corda tensa
a desafinar

Não sei mais o que faço
prá me reencontrar
por mais que eu deseje
abrir novo caminho
viver um outro amor
não dá nem prá tentar...


Veronica de Nazareth-Noic@

3 comentários:

  1. Sabe Veronica... Não há mesmo o que suceda um grande amor... tudo seria nada e nem há o que pensar.
    Viver um grande amor é a maior experiência que uma alma pode ter. Feliz de quem o tem, o sente...
    Beijo* do seu amigo aqui...

    ResponderExcluir
  2. É querida amiga....há amores que vem assim, sem avisar, entram sem bater, sequer pedem licença, e desarrumam a casa, bagunçam a vida...e se vão...assim como vieram...sem dizer adeus e nem olhar pra trás pra contemplar a destruiçao deixada...e fica esse vazio...imenso...que nao se preenche com poca coisa...e imersa nele demoramos pra nos encontrar e pra arrumar a casa outra vez...
    Obrigado por passar sempre lá no meu cantinho e deixar o seu carinho...um grande beijo...teus versos são lindos...comento este porque fala de um momento meu...me identifiquei...bjs

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita.
Seu comentário é muito importante para mim.