13 agosto 2009

Kyriá: Dança do Beijo



DANÇA DO BEIJO

Vou "churdar" teu coração
em dança "calin",
"bales" voando desejo.

Sou Kyriá de Kalderash,
prontas "vázes"
para o carinho.

Com meu "diklô" no teu pescoço,
encosto teu "trup" ao meu.
No rebolar da dança,
teu "raty" ferve.

Acontece o beijo,
"acans" hipnotizando
seduzem ao frenesí do amor.


Veronica de Nazareth-Noic@

*** Tradução vocabulário Romani:

Churdar roubar
Calin cigana
Bales cabelos
Kyriá nome próprio
Kalderash clã a que pertence
Vázes mãos
Diklô lenço
Trup corpo
Raty sangue
Acans olhos


ImageGoogle.net

10 comentários:

  1. Olha eu aqui. Passei para ver as novidades. Não conhecia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Minina Gitana,"C H O Q U E Y " amei o post com emanações romani,uhuuuu,me senti com taça de rubro vinho,flamenca dança bailando,em torno das brazas da fogueira intensa! ETA!

    Viva Vida!

    Bzu Mãos Suas!

    ResponderExcluir
  3. Olá Verônica,saudades de ti!
    aqui te lendo e que poema lindo! que linguagem gostosa essa "Romani", muito poética! (ainda bem que colocaste o dicionário...rs.)
    Parabéns!
    eu tenho aparecido pouco eu sei, mas que sempre que posso, matando a saudade.

    beijo procê e te cuida.

    daufen bach.

    ResponderExcluir
  4. Amiga
    mais uma vez um belo post estou a adorar o seu blog.
    Obrigada pela visita ao meu blog e pelo carinho da palavras lá deixadas...

    Às vezes eu penso que o sinal mais forte
    da existência de vida inteligente em outro planeta
    é que eles nunca entraram em contato com a gente. rsrsrs

    Um beijo

    ResponderExcluir
  5. Óia meu sorrisão, óia!!!
    Feliz, minha Irmã... Demais feliz
    em saber-te, sentir-te versos e
    canções!!!
    Eita que eu tava morrendo de saudades, viu!!!
    Agora... Só agradecer! E permanecer, corações e
    almas, abraçadas!!!

    Te Amo, Linda Vê!!!
    Iza

    ResponderExcluir
  6. Adoro a dança, a música cigana, belo poema, beijocas

    ResponderExcluir
  7. Tem um selinho pra vc lá, vai buscar, beijocas

    ResponderExcluir
  8. Querida Veronica.....
    Tua visita ao meu blog foi um presente muito carinhoso e importante!!
    Boa demais essa sensação de que algumas pessoas especiais não nos esquecem.
    Lindos demais teus poemas....repletos da sempre intensidade que vai tão efervescente em tua alma!!
    Estou te mandando um email.....
    Beijo com imenso carinho
    Bea

    ResponderExcluir
  9. “Amigo
    Palavra algo complicada de pronunciar...
    Palavra tão bela... tão mal tratada...tão mal aproveitada...tão mal empregue...
    Amigo é algo demasiado importante...
    Que palavra tão pequena mas tão rica...
    Só alcançada por alguns...
    Tão perto, tão banal, mas não pode ser banalizada, não poderá ser lançada ao vento, de qualquer maneira...
    Palavra vã...não...não é...
    Não dês esse tratamento...
    Valiosa demais...
    Amigo não é o mesmo que conhecido...
    Será aquele que está sempre disponível, que pressente a dificuldade...que larga tudo...
    Que, quando é preciso, ele está, apoia, ajuda, diz aqui estou...
    Será esse o verdadeiro amigo???
    Aquele que nem sempre concorda...com a nossa opinião...que luta ao nosso lado...pelos nossos objectivos, pelos nossos ideais...
    Amigo que palavra tão forte...”

    Querida Veronica desejo-lhe um excelente fim-de-semana!

    Abraço de Luz.
    Namastê!

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita.
Seu comentário é muito importante para mim.