22 abril 2009

C A N T O



C A N T O ...

Num canto,
que cai e escoa
da melodia a nota,
uma tristeza
e o pranto.

Num canto,
se esconde o fantasma
fingindo ser anjo,
brincando de diabo
e de santo.

Num canto,
escondida a loucura
espreita-disfarça,
cria trejeitos
de simples quebranto.

Num canto,
Bela e Fera
enrola a linha
do pensamento,
a alma assolada
pelo desencanto.


Veronica de Nazareth-Noic@

2 comentários:

Obrigada por sua visita.
Seu comentário é muito importante para mim.