21 março 2009

B R I L H O



B R I L H O


Bem-vinda
canção de paz,
sensação
de sossego
e gosto
de quero mais.
Bem-vinda
nova aliança
com
a alma
que refloresça
canteiros primaveris
em pleno inverno.
Bem-vinda
a vontade
de recontar
e recriar
pontos suspensos,
lapidando
o Brilho
da jóia rara
que é amar...

3 comentários:

  1. Verônica, querida!
    Que maravilha de versos, sua marca registrada, eternizada aqui num recanto, onde a poesia passeará altaneira no ESPIRAL DO VIVER. Aliás, viver é isso: uma espiral! Fazemo-la de acordo com as nossas disposições mentais.
    Poetada, amenizará as intempéries da estrada, dando-lhe brilho, paz, sossego, numa aliança com o amor, ditada por sua alma translúcida e bela.
    Parabéns!
    Beijo grande da Genaura Tormin
    Blog www.genaura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Como bálsamo que cura as angústias, faz florescer a paz no coração e alivia todas as dores... Assim é esse brilho.
    Beijo*
    Renato Baptista

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita.
Seu comentário é muito importante para mim.